Diretor da Apple é preso por espionagem industrial


Um executivo da Apple foi acusado nos Estados Unidos de vender segredos industriais a fornecedores asiáticos, informou neste domingo o Wall Street Journal. Paul Shin Devine, da diretoria de compras do grupo, recebeu mais de um milhão de dólares desde 2006 de seis industriais chineses, sul-coreanos e cingapurianos.

Segundo documentos citados pelo jornal americano, Devine pedia que os subornos fossem pagos em quantias pequenas, depositadas em uma série de contas criadas em bancos estrangeiros em nome de sua mulher.A Apple começou a suspeitar de seu executivo devido a e-mails enviados de seu computador profissional.Depois de denunciado pela própria empresa, Devine foi preso na quinta-feira. (Agências internacionais).

Anterior O que está por trás da proposta Google-Verizon?
Próximos Anatel publica nova destinação da faixa de 2,5 GHz