Dilma vai tornar permanente a desoneração da folha salarial de 56 setores, e empresas de software estão incluídas.


A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (27) a empresários que vai autorizar a desoneração permanente da folha de pagamento para todos os 56 setores que já são contemplados pelo benefício. Porém, não incluirá novos segmentos no benefício. A medida passará a valer a partir de 2015 e o impacto nas contas públicas é em torno de R$ 21,6 bilhões. A desoneração hoje em vigor acabaria em dezembro deste ano.

O governo estuda enviar ao Congresso Nacional uma nova medida provisória ou uma emenda à lei já existente que assegure a perenização da desoneração.

Anterior Cronograma do switch off da TV analógica sai antes do leilão, promete ministro
Próximos Apple pode lançar ferramenta de automação doméstica na próxima semana