Dilma aceita indicação de recondução de Rangel para terceiro mandato na Ancine


O Ministério das Comunicações informou nesta quinta-feira (28) que a segunda recondução de Manoel Rangel à presidência da Ancine (Agência Nacional do Cinema) foi indicada pela ministra Marta Suplicy e aceita pela presidenta Dilma Rousseff.

“Rangel é de confiança da ministra, tem apoio de cineastas e acompanha as reformulações na Ancine”, informou em nota o MINC. A recondução ainda tem de ser aprovada pelo Senado Federal e ainda não há previsão de data para publicação da recondução no Diário Oficial.

A recondução de Rangel à presidência da Ancine gerou polêmica entre os servidores da agência. Em assembléia, os trabalhadores aprovaram carta questionando a possibilidade de terceira recondução de Rangel. Em reação a esta movimentação, diversos cineastas e produtores paulistas divulgaram carta recomendando a recondução, uma vez que Rangel tem tido um papel importante na implementação da lei de Serviço de Acesso Condicionado. (Da redação)

Anterior Novo CEO da Alcatel Lucent apresentará plano de recuperação em junho
Próximos Acessos em banda larga atingem 93 milhões em fevereiro