Desligamento da TV analógica nas últimas sete capitais é confirmado para 14 de agosto


O presidente do Gired (grupo que dirige a transição da TV analógica para TV digital) e da Anatel, Juarez Quadros, conclamou hoje, 28, a população das cidades de Boa Vista (RR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC) que ainda não recolheu o kit com o conversor, antena e filtro a que tem direito, distribuído gratuitamente pela Seja Digital (EAD), a pegar o material, pois o desligamento da TV analógica nessas cidades deverá mesmo ocorrer em 14 de agosto, conforme o cronograma estabelecido.

As famílias cadastradas em qualquer programa federal de distribuição de renda têm direito a receber os conversores gratuitamente, e pelo menos um terço dos beneficiários dessas capitais  não foram pegar os produtos. Mas, como faltam ainda 45 dias para que o desligamento se efetive, Quadros acredita que não haverá necessidade de adiamento do cronograma.  O site www.sejadigital.com.be ou o fone 147 informa quem tem direito a receber o kit gratuitamente.

Segundo Antônio Carlos Martelleto, da EAD, nessas sete cidades a previsão é entregar 500 mil conversores e 60% deles já estão nas residências de quem precisa. Serão 5 milhões de pessoas afetadas com o desligamento dos sinais de TV nessas capitais.

Segundo Quadros, a faixa de 700 MHz, que era ocupada pelas emissoras de TV analógica,  já está liberada nessas cidades para que as operadoras de celular possam prestar o serviço de banda larga móvel.

Próximos passos

Até o final do ano, o Gired espera alcançar 128 milhões de pessoas com acesso à TV digital. A partir de setembro serão desligadas cidades do interior dos estados. Em setembro, haverá o desligamento de Juazeiro e Sobral, no noroeste do Ceará; e em novembro e dezembro serão desligadas as regiões de Campina Grande (PB), Marabá (PA) e o interior do Paraná e do restante do estado de SP.

 

Anterior Comércio de informática e comunicações perde espaço em 2016
Próximos Vivo já opera 4G na faixa de 700 MHz em BH