Desempenho da estreante Free afeta resultados da France Télécom


 

Os efeitos da entrada em cena da quarta operadora móvel no mercado francês, a Free, que começou a operar em 10 de janeiro já se fizeram sentir sobre os resultados financeiros da France Telecom no primeiro trimestre deste ano. Em comparação com igual período do ano passado, a tradicional operadora francesa recuou 1,7% em seu faturamento. No último ano perdeu 0,7% de seus clientes móveis, sendo 387 mil apenas no primeiro trimestre de 2012.


De acordo com o diretor financeiro da France Télécom, Gervais Pellissier, essa perda corresponde a uma redução da sua cota de mercado na telefonia móvel de 1,5%, sendo 1% entre os clientes pós-pagos, 0,2% entre os pré-pagos, e 0,3% entre clientes que não sariam da operadora mas aderiram a uma outra oferta de cartão SIM de empresa concorrente.

Ao anunciar os resultados do trimestre na semana passada, Pellissier reconheceu que o impacto da chegada da Free foi maior do que o projetado e, por isso, a Orange, o braço móvel da France Télécom, decidiu reduzir o preço de sua oferta de baixo custo, o pacote Sosh, que ficará no mesmo patamar de ofertas semelhanças, ainda que ligeiramente mais caro. Em compensação, a Orange conseguiu aumentar o valor do contrato de uso temporário de sua rede pela Free em função do aumento de tráfego. Ele passará de um milhão de euros em seis anos para um milhão de euros em quatro anos. (Da Redação com noticiário internacional).


Anterior Facebook apresenta aos investidores, esta semana, as condições de seu IPO
Próximos Mais duas indústrias de semicondutores ganham incentivos