Desembolsos do BNDES com telecom têm queda de 12% até outubro


O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) desembolsou R$ 1,7 bilhão no setor de telecomunicações até outubro deste ano, o que representa uma queda de 12% com relação ao mesmo período do ano passado. No total, foram aprovados R$ 4,6 bilhões para o segmento, valor que por sua vez saltou 423% na comparação com 2010. Os financiamentos para infraestrutura representaram 41% do total de desembolsos do banco de fomento estatal no período, com R$ 42,7 bilhões. Os setores de transporte rodoviário e energia receberam o grosso dos aportes, com R$ 22,1 bilhões e R$ 10,7 bilhões respectivamente.

 

No total, o BNDES desembolsou R$ 104 bilhões nos primeiros dez meses de 2011, 26% abaixo do valor concedido em 2010, queda que o banco atribui à alta base de comparação do ano anterior, devido à capitalização de R$ 24,5 bilhões da Petrobras em setembro de 2010. Mesmo excluindo a operação, no entanto, houve queda de 10% nos desembolsos, reflexo da desaceleração da economia brasileira.

 

As micro, pequenas e médias empresas também foram destaque no desempenho dos dez primeiros meses do ano, recebendo o valor recorde de R$ 40,6 bilhões, correspondente a 40% dos desembolsos globais do BNDES no período. Já a indústria representou 31% das liberações globais (R$ 32 bilhões), seguida por comércio e serviços (20%) e agropecuária (8%).

 

Segundo comunicado, o banco espera ver uma aceleração nas liberações até o final do ano, e prevê fechar 2011 com desembolsos totais na ordem de R$ 140 bilhões. (Da redação, com assessoria)

Anterior Associação de operadoras alerta UE contra redução do preço da rede de cobre
Próximos Telefônica/Vivo reforça rede no litoral paulista e em regiões de maior tráfego para as férias