Desembargador manda Netflix parar de exibir Especial de Natal do Porta dos Fundos


Cena do filme da Netflix que sugere relação amorosa entre Jesus e Satanás / Foto: reprodução/youtube

Depois de a censura não ter sido acatada na primeira instância do judiciário, agora foi a vez do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Rio de Janeiro decidir  hoje, 8, em caráter liminar, a retirada do ar do programa “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”. A determinação da justiça é para que a produtora Porta dos Fundos e a Netflix retirem do ar o especial, até o julgamento do mérito da ação, que não tem data.

A informação é do colunista Ancelmo Gois, de O Globo. O pedido para a retirada do filme do ar foi da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura.

Anterior Accenture compra divisão de segurança cibernética da Symantec
Próximos Anatel e Ancine podem dividir espaço em Brasília

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *