Dell compra a EMC por US$ 67 bilhões


A fabricante de computadores Dell anunciou ontem a compra da EMC por US$ 67 bilhões. Quando concluído, o negócio será a maior fusão já realizada no setor de tecnologia. A operação prevê que Michael Dell, CEO da Dell, e os fundos MSD Partners e Silver Lake passem a controlar a EMC.

A VMWare, grupo de virtualização controlado pela EMC, também foi adquirido, mas continuará a ser listado como empresa independente na bolsa. O conselho de administração da EMC já aprovou o negócio, e sugere aos acionistas que o aprovem na próxima assembleia.

A empresa resultante da fusão será a maior companhia privada de tecnologia do mundo. Em seu próximo balanço, publicado preliminarmente também ontem, 12, a EMC deve registrar receita entre US$ 6,05 bilhões e US$ 6,08 bilhões no terceiro trimestre. Já a Dell fechou seu capital em 2013. Na época, tinha receita trimestral de US$ 14,5 bilhões.

Segundo o comunicado emitido por ambas as companhias, as sinergias e complementaridade serão grandes em diversas área, como servidores, storage, virtualização e PCs, ao mesmo tempo em que impulsiona a entrada em áreas como data centers definidos por software, nuvem híbrida, infraestrutura convergente, mobilidade e segurança.

Michael Dell terá 70% da nova companhia. Ele deverá ser o chairman e CEO da empresa. A aquisição deve ser concluída entre maio e outubro de 2016.

Anterior Oi e Unitel, de Angola, resolvem partir para a briga judicial
Próximos Ministro só vai poder gastar R$ 500 por mês com celular