Decisão sobre presidências das comissões da Câmara é adiada


A pedido do PT, a decisão sobre as presidências das comissões permanentes da Câmara ficou para a a semana que vem. Mesmo com esse atraso, os colegiados poderão ser instalados no mesmo dia da definição. A proposta do PT foi aceita pelos líderes dos outros partidos.

O PT tem a primeira, a terceira e a nona escolha. A primeira delas será a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), que deverá ser presidida pelo deputado Ricardo Berzoini (PT-SP). Mas o partido ainda não decidiu as outras duas.

Deputados do partido têm defendido a escolha da Comissão de Ciência e Tecnologia, que era presidida pelo PSDB. Nesse caso, o presidente seria o deputado Newton Lima (SP). Porém, se ficar com o PSDB, pode ser comandada pelo deputado Eduardo Azeredo (MG), autor do projeto considerado o AI-5 digital.

Já o novo PSD que, por decisão do presidente da Câmara não terá direito à indicação de presidente de comissão, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) e perdeu. O relator do mandado de segurança, ministro Ayres Britto, entendeu, em uma análise inicial, que o partido não pode pretender ter o mesmo tratamento de legendas que já passaram pelo “teste das urnas”.

Anterior Portaria dá agilidade às análises de atos de concentração
Próximos Nokia Siemens encerra contrato com a Oi