Decisão do governo sobre banda larga sairá em duas semanas


O Governo ainda vai precisar de duas semanas para decidir como será feita a implementação de uma rede de banda larga no país, declarou hoje Hélio Costa, ministro das Comunicações, após o lançamento do projeto Cidade Digital. Costa disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é favorável à proposta das concessionárias em trocar …

O Governo ainda vai precisar de duas semanas para decidir como será feita a implementação de uma rede de banda larga no país, declarou hoje Hélio Costa, ministro das Comunicações, após o lançamento do projeto Cidade Digital. Costa disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é favorável à proposta das concessionárias em trocar os Postos de Serviços de Telecomunicações (PSTs) pelo projeto de banda larga, mas adiantou que a decisão final só será tomada pelo presidente após seu retorno de viagem oficial à África.

Pela proposta das teles, elas passarão a ofertar 208 mil pontos de acesso banda larga em alta velocidade até 2010 nas escolas públicas, postos de saúde e delegacias de polícia entre outras instituições. Estes pontos substituirão a obrigação de instalação dos PSTs que estavam previstos nos contratos de concessão e foram adiados pelo governo para poder formatar o projeto de construção da rede de banda larga.

Costa esteve reunido ontem, 9, no Palácio do Planalto com o presidente Lula e demais ministros envolvidos com a questão e disse que a proposta das concessionárias está sendo analisada e que só está faltando acertar os valores dessa substituição. “Temos praticamente assegurada a substituição do PST pela implantação da banda larga, mas ainda não temos os números finais de quanto vale esta troca”, frisou.  Segundo o ministro, o preço final da implantação dos PSTs será calculado pela Anatel.

Anterior GVT contesta judicialmente VU-M, e prepara novos lançamentos
Próximos HP Brasil anuncia Maemura como novo diretor de Software