Decisão da Anatel sobre o Speedy sai na quinta-feira


A decisão sobre o retorno da comercialização do Speedy pela Telefônica será tomada pela Anatel na reunião de quinta-feira do conselho diretor. Embora houvesse a possibilidade de os dirigentes decidirem por circuito deliberativo, que não demanda a reunião presencial, a relatora da matéria, Emília Ribeiro, preferiu lançar o tema para a reunião ordinária, que se …

A decisão sobre o retorno da comercialização do Speedy pela Telefônica será tomada pela Anatel na reunião de quinta-feira do conselho diretor. Embora houvesse a possibilidade de os dirigentes decidirem por circuito deliberativo, que não demanda a reunião presencial, a relatora da matéria, Emília Ribeiro, preferiu lançar o tema para a reunião ordinária, que se realizará no dia 20. Ela estava aguardando o relatório da superintendência de Fiscalização para poder proferir o seu parecer.

A Anatel decidiu mandar suspender a comercialização do Speedy no dia 23 de junho, até que a Telefônica apresentasse um plano para garantir a estabilidade da rede de banda larga, devido aos graves problemas com a internet dedectados em julho do ano passado e em abril deste ano.

Em 17 de julho a Telefônica anunciava o cumprimento das metas estabelecidas na primeira etapa de seu "Plano de Estabilidade da Rede do Speedy", que previa medidas a serem implementadas em 30, 90 e 180 dias, e pedia a liberação das vendas do produto. Passados quase dois meses desde a suspensão da venda do serviço, a pressão começou a aumentar. Não apenas o ministro da área,  mas outros segmentos que dependem da venda do produto – como os provedores de internet e empresas e trabalhadores de rede – começaram a elevar o tom para que a Anatel acabe com a proibição. A conferir se algum conselheiro irá pedir vistas do processo, como já virou rotina na agência. ( Da redação ). 

Anterior Samsung lança novo celular com dois SIM Cards
Próximos Nova Telebrás vai investir R$ 1 bi na primeira fase