CRLV digital passa a valer no DF. Documento será ativado no país todo até o fim de dezembro


O Serpro, está lançou hoje (27) no Distrito Federal o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) digital (foto). A estatal de processamento de dados atende a contrato com o Ministério das Cidades e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A versão eletrônica do documento está disponível pelo aplicativo CNH Digital (a Carteira Digital de Trânsito). Os usuários do app não precisam mais carregar a versão em papel dos documentos.

Até o 31 de dezembro, O CRLV digital deve ser adotado pelos Detrans de todo o país, conforme a Resolução nº 720/2017 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Além da CRLV, também o seguro obrigatório DPVAT foi digitalizado.

Assim como a CNH Digital, o CRLV traz todas as informações do documento impresso e um QR Code que pode ser lido para verificar se o CRLV é falso em uma abordagem de trânsito por exemplo. Além disso, permite exportação em arquivo pdf, com assinatura digital, para ser utilizado em alguma necessidade que exija um documento autenticado.

O CRLV Digital permite o cadastramento do veículo no próprio aplicativo e não exige que o proprietário compareça ao Detran. Para ter o CRLV Digital, o proprietário do veículo tem que ter pago o licenciamento do veículo de 2018 e o Detran de registro do automóvel tem que já ter aderido à tecnologia. O acesso ao CRLV Digital é possível adicionando o documento após o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível na App Store e Google Play.

Quem já possui a CNH Digital, basta atualizar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, caso a opção de atualização automática não esteja acionada no dispositivo. Depois, o usuário deverá adicionar o CRLV Digital, informando o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo – CRV (antigo DUT).

Os que ainda não possuem a CNH Digital, devem realizar o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, já disponível na APP Store e Google Play, e efetuar o cadastro de usuário no próprio aplicativo. Depois, é só adicionar o CRLV Digital e informar os mesmos dados mencionados anteriormente. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Adiado o desligamento do sinal analógico de TV em Juazeiro do Norte e Sobral
Próximos Nokia obtém empréstimo de € 500 milhões para financiar pesquisas sobre 5G