Crise na PT leva à renúncia de VP do Conselho de Administração


A crise da Portugal Telecom, decorrente da compra de papéis da Rioforte, holding do grupo Espírito Santo para seus negócios fora da área financeira, já provocou a primeira baixa na operadora portuguesa, em processo de fusão com a Oi. O dirretor de Finanças e Relações com Investidores da Oi, Bayard Gontijo, informou ontem (11) ao mercado a renúncia de Luís Pacheco de Melo ao cargo de vice-presidente do Conselho de Administração da PT Portugal Portugal SGPS, a holding, e aos cargos de administração que exercia em sociedades controladas por esta holding.

A compra dos papéis da Rioforte, que enfrenta problemas financeiros, uma operação de quase 900 milhões de euros, não foi aprovada pelo Conselho de Administração E levou à renúncia dos dois representantes da Oi no Conselho da PT, em protesto. Dia 15, na próxima terça feira, vence o prazo para o pagamento, pela Rioforte, de uma das duas operações.

Anterior Holandeses convidam usuários a boicotar Facebook por 99 dias
Próximos Final da Copa bate recordes no Twitter e Facebook