Crescimento de smartphones impulsiona mobile banking


O crescimento dos smartphones na América Latina irá fornecer o ecossistema perfeito para o desenvolvimento do mobile banking, permitindo que os operadores ofereçam novos serviços de valor para seus clientes e reduzam o churn, além de aumentar as receitas, de acordo com um novo relatório da Pyramid Research. O relatório analisa as oportunidades que o mobile banking vai criar para os operadores móveis e os bancos na América Latina e alerta para os perigos de uma má regulamentação para o futuro do serviço. A consultoria acredita que o crescimento do serviço se dará nas classes mais altas e que criará oportunidades de negócio para os operadores de redes móveis (MVNO) e para os bancos.

De acordo com David Noe, analista senior da Pyramid Research, a América Latina vai testemunhar um crescimento considerável em redes 3G+, com um amplo uso de smartphones. “8,6% de todos os novos aparelhos vendidos na América Latina em 2010 serão de smartphones”, diz Noe. “No entanto, esta porcentagem aumentará consideravelmente e nossa estimativa é que quase um terço (32,2%) dos handhelds novos vendidos em 2014 na América Latina serão smartphones”, acrescenta Noe. (Da redação)

 

 

 

Anterior Stefanini cresce 20% no primeiro semestre
Próximos Telebrás pagará R$ 2,3 mi anuais por aluguel de nova sede