Cresce número de acessos de banda larga fixa em julho


O Brasil contava com 25,1 milhões de acessos de banda larga fixa em julho de 2015. No mês, o Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) estava presente em 37,88% dos domicílios. O número indica crescimento de 0,6%, ou ganho de 151,5 mil acessos, em relação a junho, e de 9,68% em relação a julho de 2014. O levantamento é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Entre as empresas, a que mais atraiu usuários foi a Claro (Claro/Net/Embratel), com 54,5 mil novos acessos. Em segundo lugar, a GVT obteve 37,44 mil novas assinaturas. Os provedores regionais de acesso formam o terceiro grupo econômico, dentro da categorização da Anatel, registrando aumento de 25,6 mil conexões.

No ranking das maiores, as Net continua a líder do mercado, com o total de 7,93 milhões de acessos (participação de 31,6%). Seguida de Telefônica + GVT, que juntas têm 7,3 milhões (29%), e Oi, com 6,45 milhões (25,7%). Os provedores regionais têm 2,2 milhões de (8,71%).

A tecnologia mais usada continua a ser o xDSL, adotado principalmente por Oi e Telefônica, representando 13,32 milhões de conexões. Em segundo lugar vem o cable modem, usado pela Net, com 8 milhões de acessos. A fibra continua a crescer, fechando o mês com 1,16 milhão de assinaturas – alta de 2,86%. O xDSL ganhou 0,27% e o cabo 0,72 novos acessos. Mas é a modalidade LTE para entrega da banda larga fixa a que mais cresceu proporcionalmente. Esta tecnologia aumentou em 3,88%, terminando julho com 249 mil clientes.

Anterior Teles afirmam que M2M no Brasil "não fica em pé", mesmo com desoneração do Fistel
Próximos Vivo prevê investir R$ 8,4 bilhões este ano