Cresce lucro operacional da Alphabet no 4º tri


A Alphabet, holding dona do Google, divulgou ontem à noite, 4, os resultados do quarto trimestre de 2018. A empresa teve um lucro líquido de US$ 8,9 bilhões, No mesmo período de 2017, registrava perdas de US$ 3 bilhões devido à adesão ao plano de repatriamento de divisas e ajustes tributários promovidos pelo governo de Donald Trump, nos Estados Unidos.

O lucro operacional, não afetado pela incidência de impostos, cresceu 21% ano a ano, atingindo US$ 8,2 bilhões no quarto trimestre de 2018. As receitas tiveram expansão semelhante. Somaram US$ 39,27 bilhões, evolução de 22% na comparação com os mesmos meses de 2017.

Praticamente toda a receita da Alphabet veio do Google. A divisão Other Bets gerou US$ 154 milhões em faturamento, e prejuízo de US$ 1,3 bilhão. O lucro operacional apenas do Google foi de US$ 9,7 bilhões, um recorde.

As receitas da Alphabet cresceram em todo o mundo. Os Estados Unidos continuam a ser o principal gerador de divisas, com faturamento de US$ 18,6 bilhões. A América Latina é o menor mercado do grupo. Aqui, a receita foi de US$ 2,2 bilhões, embora o crescimento tenha sido de 20% – maior que o crescimento na Europa e na Ásia, regiões que faturam, respectivamente, US$ 12,4 bilhões e US$ 6 bilhões, em moeda constante.

Já nos 12 meses de 2018, a holding registrou receitas de US$ 136,8 bilhões, uma expansão e 23%. O lucro líquido foi de US$ 30,7 bilhões, mais que o dobro de 2017, em função da incidência dos impostos previstos do “Tax Act” norte-americano. As despesas da companhia cresceram 30% ano a ano, e somaram US$ 110 bilhões em 2018.

Anterior Goldentree fica com 16% da Oi
Próximos Padtec vai iluminar rotas da Sumicity no Sudeste

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *