CPqD amplia laboratório de sistemas de energia


 O CPqD ampliou seu Laboratório de Sistemas de Energia para atender à demanda por ensaios de certificação de baterias estacionárias, utilizadas em aplicações que exigem o armazenamento de grande quantidade de energia. Com a ampliação, o laboratório passa a ter capacidade para realizar ensaios em até 150 baterias simultaneamente.
 
Para isso, o CPqD adquiriu mais oito sistemas automatizados, que controlam a realização de 15 ensaios diferentes – como de capacidade, ciclagem e durabilidade das baterias. “Um ensaio de ciclagem, por exemplo, leva 200 dias para ser concluído, de acordo com as normas brasileiras e as resoluções internacionais”, afirma Raul Beck, responsável técnico pelo laboratório do CPqD.
 
As baterias avaliadas nesse laboratório destinam-se a sistemas de armazenamento de energia de grande porte, utilizados principalmente em aplicações críticas, que não podem sofrer interrupção – como data centers, centrais de telecomunicações e de distribuição de energia elétrica. Em geral, são baterias de tecnologia chumbo-ácida; mas o laboratório também realiza ensaios em baterias de lítio de alta capacidade, de níquel-cádmio e de níquel-hidreto metálico.
 
Em 2010, o Laboratório de Sistemas de Energia do CPqD realizou ensaios de certificação em 40 famílias de baterias diferentes. Seus principais clientes nessa área são empresas de telecomunicações, de energia elétrica e companhias de petróleo – que utilizam os serviços do laboratório. Os laboratórios do CPqD realizam, no total, mais de 700 tipos de testes e ensaios acreditados pelo Cgcre/Inmetro (Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro). (Fonte: assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Clubes vão negociar direito de transmissão dos jogos diretamente com empresas
Próximos Motorola quer fabricar o tablet Xoom no Brasil