CPqD acompanhará implantação de rede de fibra óptica no ES


O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) contratou o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) para atuar nos serviços de consultoria, elaboração de projeto e acompanhamento da implantação da Rede Metro-Gvix. O contrato com o CPqD, no valor de R$ 960 mil para um período de 36 meses, foi assinado após processo licitatório, na modalidade pregão presencial.

 

A rede vai integrar com fibra óptica órgãos públicos estaduais e municipais em Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana, para oferecer à população serviços como telemedicina, vídeo vigilância, monitoramento de condições climáticas para prevenção de desastres, gestão integrada de controle de tráfego e educação a distância em tempo real.

 

Com aproximadamente 492 pontos de acesso espalhados pelos cinco municípios da área de cobertura, a Metro-Gvix deverá estar em pleno funcionamento até o final de 2013. “Essa rede é uma ação do Programa ES Digital, cujo foco é aumentar a utilização de recursos tecnológicos na administração pública estadual e expandir o acesso à Internet de alta velocidade para os capixabas”, explica o presidente do Prodest, Paulo Henrique Rabelo Coutinho.

 

A Metro-Gvix também fará parte do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), sendo integrada à rede nacional da Telebras e à Metro.ES/Metrovix, que possui velocidades de 1 a 10 gigabits por segundo e já atende a mais de 40 órgãos estaduais na capital capixaba. (Assessoria de imprensa)

Anterior Vodafone quer ampliar parcerias na Ásia e América do Sul em 2012
Próximos Oi amplia capacidade de rede móvel em Ribeirão Preto