CPM Braxis investe em solução espanhola para portabilidade no Brasil


A CPM Braxis, empresa brasileira de tecnologia, por meio de sua controlada UNITECH, apresentou nos últimos dias à Anatel sua proposta para o sistema que fará a gestão da portabilidade numérica no Brasil. A previsão é que o serviço esteja disponível nas localidades escolhidas para o piloto a partir de maio de 2008. Para isso, …

A CPM Braxis, empresa brasileira de tecnologia, por meio de sua controlada UNITECH, apresentou nos últimos dias à Anatel sua proposta para o sistema que fará a gestão da portabilidade numérica no Brasil. A previsão é que o serviço esteja disponível nas localidades escolhidas para o piloto a partir de maio de 2008.

Para isso, a CPM Braxis aposta na solução que há sete anos tem garantido à população da Espanha a conservação do número da linha telefônica na troca de operadora. Trata-se de um sistema desenvolvido pela IECISA, empresa espanhola que recentemente renovou por mais cinco anos um contrato para a gestão da maior operação de portabilidade na Europa. A empresa aponta alguns dos diferenciais do sistema, tais como estabilidade e escalabilidade para processar grandes volumes, e, principalmente, similaridade do modelo espanhol com o escolhido pela Anatel para o Brasil.

Segundo João Francisco Mendes Neto, diretor de negócios de Telecomunicações e Governo da CPM Braxis, o maior desafio para a prestadora de serviços de TI escolhida pelo governo brasileiro será o curto espaço de tempo, cerca de oito meses, para ter a solução adaptada e implementada. "Há muita expectativa em torno da portabilidade e qualquer atraso terá uma grande repercussão. Quanto menos adaptações forem necessárias, e quanto maior a experiência da empresa responsável por essas adaptações, menor será o risco", avalia. (Fonte: assessoria de imprensa, com Braxis)

Anterior Em outubro, governo decide o modelo de telecom para a inclusão digital.
Próximos O Conselho Consultivo da Anatel não pode mais ficar incompleto