Cox e Araujo tentam formar grupo para ser sócio da Oi


João Cox, ex-Claro, e Mario Cesar Araujo, ex-TIM, tentam montar um consórcio para ser sócio da Oi. Já atraíram o ACGM, banco de investimentos, e a consultoria Íntegra.

Logo OiA movimentação dos executivos começou antes de a Oi pedir concordata e, segundo notícia publicada hoje (20) pelo jornal “O Estado de S.Paulo”, prossegue ativamente. João Cox, ex-presidente da Claro, e Mario Cesar Araujo, ex-presidente da TIM, já conseguiram a adesão do banco de investimentos norte-americano ACGM, especializado em companhias em crise, e da consultoria Íntegra, com foco em reestruturação de empresas.

Segundo a notícia, o consórcio pretende ter uma participação relevante na Oi e participar de sua gestão. Cox declarou ao jornal que está acompanhando a equação financeira da Oi para poder fazer uma proposta.

Anterior Ex-ministro depõe na PF e pede auditoria em suas contas bancárias
Próximos MVNOs fecham primeiros contratos, com BT e Igreja da Fé