Coutinho, investidor português, admite interesse pela PT


Depois que Miguel Pais do Amaral, chairman da Media Capital, anunciou ontem ter iniciado conversações com investidores internacionais para formar um consórcio para analisar a viabilidade de uma oferta concorrente à PT, hoje, 14, foi a vez de outro empresário português fazer o mesmo. João Pereira Coutinho admitiu à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários …

Depois que Miguel Pais do Amaral, chairman da Media Capital, anunciou ontem ter iniciado conversações com investidores internacionais para formar um consórcio para analisar a viabilidade de uma oferta concorrente à PT, hoje, 14, foi a vez de outro empresário português fazer o mesmo. João Pereira Coutinho admitiu à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que mantém “conversações com investidores nacionais e estrangeiros no sentido de estudar a viabilidade e de preparar, eventualmente, uma oferta concorrente sobre aquelas sociedades cotadas (PT e PTM)"

Coutinho é presidente do conglomerado português Soluções Automóvel Globais (SAG). Jornais portugueses noticiaram, recentemente, que ele teria tido contato com executivos da Telkom South Africa, que também estaria interessada na Portugal Telecom. A empresa recebeu, em fevereiro, um OPA, considerada “hostil”, por parte da Soanecom, num valor que hoje totalizaria 11,10 milhões de euros. O grupo Sonae é dirigido por outro milionário português, Belmiro Azevedo.

"Não foi ainda tomada qualquer decisão definitiva, num ou noutro sentido, nem por mim, nem por qualquer dos meus eventuais parceiros, sendo assim prematuro, por ora, definir calendários e identificar as entidades co-envolvidas nos contatos sobre o assunto, o que só deve ser feito, nos termos da lei, em eventual anúncio preliminar", concluiu Coutinho no comunicado.
(Da Redação com informações do Diário Económico)

Anterior Insigne fará suporte ao Computador para Todos
Próximos TV digital: aval de japoneses para fábrica de chips pode demorar até um ano