Correios assinam contrato com BT Brasil para implantar rede de telecom


A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) assinou contrato com a BT Brasil Serviços de Telecomunicações para construção de rede de telecom para interligar as unidades prediais da empresa em todo o país. O valor do contrato, com prazo até 2016, é de R$ 345,6 milhões, quase metade do preço estimado pela ECT de R$ 601,8 milhões.

O pregão para contratação de empresa para prestação de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), realizado no dia 2 de março, foi disputado também pela Embratel, que ofereceu lance de R$ 359 milhões; Hughes Telecomunicações, com lance de R$ 601,8 milhões; e uma pequena empresa, a Maria Guiomar de Lima Comércio e serviços, que fez oferta de R$ 500 milhões pelo contrato.

A rede de telecomunicações deverá ser concluída 12 meses. O valor total inclui treinamento do pessoal dos Correios e custos inerentes aos equipamentos e recursos necessários ao funcionamento da rede, como enlaces de comunicação; hardware; software (inclusive atualizações e correções – patches) e plataforma de gerência de rede. Além das despesas com infraestrutura; instalações; configurações; testes; operação; monitoração; suporte técnico; manutenção; projetos; gerência e desinstalações no encerramento do Contrato.

A BT Brasil é uma empresa da British Telecom, maior operadora de telecomunicações do Reino Unido. É uma das líderes mundiais no fornecimento de soluções e serviços de telecomunicações, operando em 170 países. Entre suas principais atividades se destacam serviços de TI em rede, serviços de telecomunicações locais, nacionais e internacionais, produtos e serviços de banda larga e Internet de alto valor agregado e produtos e serviços de convergência fixo/móvel.(Da redação)

Anterior Oi acusa celulares no Cade de "abuso de posição dominante coletivo"
Próximos TI movimenta R$ 39,4 bilhões no país