Coronavírus levará mercado de telecom à retração neste ano, prevê consultoria


O mercado global de telecomunicações vai encolher neste ano como reflexo da crise econômica resultante da pandemia de Covid-19. A consultoria Analysys Mason divulgou relatório nesta quinta-feira, 16, no qual estima que a retração na receita total das operadoras será de 3,4% no ano, nos mercados desenvolvidos. Antes do estouro da doença, a previsão era de expansão das receitas em 0,7%.

Para os analistas da empresa, o setor é relativamente resiliente a crises econômicas. Mas o aumento do desemprego, falência de empresas e redução da atividade econômica levarão ao declínio. Como remédio, as teles vão sanear suas contas reduzindo custos operacionais e cortando investimentos, prevê o estudo.

PUBLICIDADE

As coisas devem voltar aos trilhos em 2021. A consultoria projeta crescimento do setor em 0,8% no próximo ano, puxado pela demanda por banda larga. “Os lucros vão cair , mas não esperamos queda na margem EBITDA maior que 2%”, diz a Analysys Mason.

Segmentos

A consultoria dia que as operadoras que trabalham majoritariamente com o consumidor final deverão se sair melhor, pois estes devem sustentar o acesso a internet em meio à reclusão. Os serviços móveis devem experimentar queda de receita, uma vez que menos pessoas vão sair de casa. Os serviços fixos, em compensação, vão crescer.

As divisões ou operadoras especializadas no setor empresarial e corporativo terão forte retração devido à falência de empresas de outros setores.

A Analysys Mason diz que os serviços de TV paga e OTT vão manter os clientes ou crescer ainda mais em 2020 por conta do confinamento forçado. “Novos serviços, como o Disney+, já se beneficiam disso”, afirma o relatório. A receita da TV paga, no entanto, vai cair pois as operadoras não terão as transmissões esportivas que compõem pacotes pay-per-view para vender.

As operadoras atacadistas serão o ponto fora da curva. Estas devem ganhar com a crise, uma vez que haverá aumento da demanda por capacidade de rede. A expectativa é de crescimento de 3% neste ano e estabilidade em 2021. Pelas previsões anteriores, haveria retração de 2% nas receitas desse segmento neste e no próximo ano.

Anterior Covid-19: TJ manda governo de SP mostrar termos de acordo com operadoras
Próximos Demanda de ISPs e operadoras faz tráfego da Globenet para o Brasil dobrar