COO do grupo Telefónica diz que Oi iniciou processo de venda da operação móvel


Ángel Vilá afirmou a analistas e investidores, durante evento em Barcelona, que Oi já procurou os possíveis interessados e que as conversas estão em estágio inicial. Disse, ainda, que prevê desafios regulatórios, mas transação poderia ter sinergias para a Telefónica no Brasil.

O COO do grupo espanhol Telefónica, Ángel Vilá, afirmou hoje, 13, que a brasileira Oi começou o processo de venda de sua unidade móvel. Conforme o site Bloomberg e a agência de notícias da bolsa Nasdaq, o executivo disse, durante evento realizado pelo banco Morgan Stanley em Barcelona (Espanha), que assessores da Oi já procuraram “os interessados”.

Vilá afirmou, também, que a Telefónica vai analisar o negócio, uma vez que a compra da unidade móvel da Oi poderia resultar em sinergias.

A confirmação de que os executivos do grupo espanhol foram procurados por assessores da Oi difere dos comentários recentes, de diferentes representantes das operadoras, tanto Telefónica, como Oi, TIM e Claro, de que não havia nenhuma conversa a esse respeito. Circulam há pelo menos dois meses rumores de que a as três operadoras poderiam organizar uma compra conjunta de ativos estratégicos da Oi, como a unidade móvel, e depois fazer a divisão entre si.

O que não muda, porém, é que os executivos sempre manifestaram interesse e se dispuseram a negociar tal aquisição.

Conforme a Bloomberg, Vilá teria dito, ainda no evento de hoje, que o desempenho da Oi no mercado móvel “impecável” em 2018, e que a empresa tem uma “base substancial de clientes e uma posição de espectro significativa”.

Ele avaliou, porém, que a venda deve enfrentar desafios regulatórios, trazendo exigências para o comprador se desfazer de parte dos ativos. Disse também que o processo está em estágio inicial.

Procurada pelo Tele.Síntese, a Oi informou que não vai se manifestar sobre o assunto.

Anterior Operadoras móveis se comprometem a informar melhor o consumidor
Próximos Ufinet, controlada pela elétrica Enel, estuda lançar rede neutra de telecom em SP

4 Comments

  1. 14 de novembro de 2019
    Responder

    eu tenho uma ação ganha da oi de 6.000,00 reais como fica eu ganhei ano passado ate agora nao pagaram

  2. Erick Nilson
    14 de novembro de 2019
    Responder

    Se isso acontecer a Oi ganha com a cobertura da Vivo, mas os clientes perdem as promoções generosas da Oi… Vamos ver o que acontece de agora em diante…
    Oi sempre no foco das notícias! kkk

  3. 14 de novembro de 2019
    Responder

    A oi está quebrada a anos, se está ainda se rastejando devido as promoções, aqui no RS está uma porcaria tanto telefonia movel, quanto a internet, fibra não ampliam,estão no tempo de 1mb Adsl e quando chove fica sem sinal e sem internet e telefone

    • 19 de novembro de 2019
      Responder

      Wanderley infelizmente só falou besteira devemos valorizar o que é nosso o problema foi o governo que profetizou a Telebrás a preço de banana e os novos patrões não investiram o governo só sabe criar impostos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *