Contax adquire Allus e acelera processo de internacionalização


A Contax, empresa do grupo Oi, anunciou hoje a aquisição de 100% do capital da Allus, empresa de contact center da América Latina. O negócio foi fechado por R$ 307 milhões, mas pode atingir R$ 332 milhões, que é o valor de mercado da Allus. O valor final é condicionado ao cumprimento de metas de entrega de resultado medido em Ebitda, nos próximos 24 meses. As ações foram compradas do sócio-controlador da Allus, o fundo de investimento Eton Park Capital Management.

No ano passado, a Contax adquiriu a Ability, empresa de trade marketing e relacionamento com o consumidor em pontos de venda, e, em janeiro deste ano, a empresa fez uma oferta para a aquisição da Dedic GPTI, do grupo Portugal Telecom. Com as aquisições, a Contax fortalece e acelera o seu projeto de internacionalização. “Essa operação consolida a Contax como uma das principais multinacionais brasileiras de serviços. A partir de agora nossos clientes poderão contar com nossos serviços também fora do Brasil”, afirma Michel Sarkis, presidente da Contax.
 
Hoje, a Allus opera com 21 unidades distribuídas nas cidades de Córdoba e Mendonza (na Argentina); Bogotá e Medellín (na Colômbia); em Lima (no Peru), além de atividades comerciais offshore nos Estados Unidos e na Espanha. A empresa tem cerca de 14 mil colaboradores e 63 clientes corporativos de setores como serviços financeiros, seguros, varejo e telecomunicações. Em 2011 a previsão de faturamento da Allus é de cerca de R$ 300 milhões, com R$ 50 milhões de Ebitda.
 
Em comunicado, a Contax informa que o comando da Allus permanece inalterado: o CEO José Romero Victorica, há 13 anos à frente da companhia, ficará no cargo, bem como todo o corpo executivo da empresa.

Em 2010, a Contax teve receita líquida de R$ 2,4 bilhões. Com mais de 80 clientes corporativos, atende os maiores bancos que atuam no Brasil; corporações do setor de telecomunicações, de TV por assinatura e de processamento de cartões de crédito; e distribuidoras de energia elétrica, entre outros segmentos. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Emilia traz backhaul de volta ao PGMU
Próximos Rede Globo vai investir R$ 500 milhões para a Copa e Olimpíada