Consórcio ibero americano vai administrar Parque Tecnológico de Brasília


O consórcio Ibero Americano vai o Parque Tecnológico Capital Digital de Brasília. Formado por uma empresa estrangeira e duas nacionais da área de telecomunicações e construção civil, o grupo venceu a licitação pública realizada ontem pela empresa Terracap.

O consórcio terá a participação de 52,9% na área e investirá R$ 1,164 bilhão, enquanto e a Terracap, responsável por 47,1%, integraliza o lote, avaliado em R$ 1,08 bilhão, como parte da sociedade. O grupo vencedor implantará toda a infraestrutura física e tecnológica para o funcionamento do local, como internet de alta velocidade e salas de videoconferência, e receberá um pagamento mensal – uma espécie de condomínio – das empresas que se instalarem na área.

Segundo José Humberto Pires, diretor de Prospecção e Formatação de Novos Empreendimentos da Terracap, o consórcio desenvolveu estratégias para atrair empreendimentos para o parque e, em um primeiro momento, 700 empresas do Distrito Federal, que movimentam R$ 6 bilhões por ano, se instalarão.

No projeto apresentado pelo Ibero Americano está previsto que o Parque Tecnológico será consolidado em apenas seis anos e até julho de 2014 o grupo investirá 20% do capital, o que representa R$ 300 milhões. A perspectiva é que 1,23 mil empresas se instalem no Parque Tecnológico e 25 mil empregos diretos sejam criados em 10 anos.

O primeiro grande projeto do complexo entrou em funcionamento em março deste ano, como Datacenter do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Ibope passa a medir audiência de TV também no celular
Próximos Anatel propõe regulamento para acompanhamento do cumprimento das metas de produtos com tecnologia nacional