Conselho Diretor da Anatel decide amanhã sobre homologação de sobras do SMP


A  homologação de faixas de freqüências de 1,8 GHz (as sobras do SMP), vendidas no  leilão realizado em setembro do ano passado foi incluída na pauta da reunião de amanhã (16) do Conselho Diretor da Anatel. O debate desse tema, que foi iniciado em reuniões anteriores, acabou adiado por meio de pedido de vistas. Segundo …

A  homologação de faixas de freqüências de 1,8 GHz (as sobras do SMP), vendidas no  leilão realizado em setembro do ano passado foi incluída na pauta da reunião de amanhã (16) do Conselho Diretor da Anatel. O debate desse tema, que foi iniciado em reuniões anteriores, acabou adiado por meio de pedido de vistas. Segundo a assessoria de imprensa, são apenas poucos contratos dos 77 resultantes do leilão, que deixaram de ser assinados. Após a homologação, as empresas serão chamadas para a assinatura dos Termos de Autorização, e terão um prazo de 12 meses para entrar em operação.

Além das quatro operadoras grandes (Vivo, TIM, Claro e OI), a Options Computadores & Eletrônicos Ltda, que não opera ainda o Serviço Móvel Pessoal de telefonia , arrematou um lote (91) para atender o município de Parnaíba, no Mato Grosso do Sul.

Estão na pauta da reunião do Conselho Diretor da Anatel as autorizações de Serviço de Distribuição de TV por assinatura via satélite (DTH) para a Embratel e a Casablanca Telecinagem, além da proposta de consulta pública para o Regulamento de Acompanhamento e Controle das Obrigações de Universalização, já sobre as novas metas do PGMU a serem estipuladas na revisão dos contratos de telefonia fixa, em 2010.. (Da Redação)

Anterior Governo renova concessões da Rede Globo por mais 15 anos
Próximos Nokia em parceria com Renault para criar carro conectado