Conselho da Oi aprova venda da PT Portugal à Altice por 7,4 bilhões de euros


O conselho de administração da Oi aprovou hoje (8) os termos e condições para venda da PT Portugal à Altice. O acordo prevê transferência das operações da operadora em Portugal e na Hungria. O contrato ainda precisa ser aprovado em assembleia geral de acionistas da Portugal Telecom (PT SGPS), holding portuguesa sócia da Oi. A data da assembleia ainda não foi definida.

Pela operação, a Altice pagará 7,4 bilhões de euros à Oi pela PT Portugal. O acordo prevê ajustes de caixa e dívida, incluindo um pagamento diferido (earn-out) de 500 milhões de euros relacionado à geração futura de receita da PT Portugal. O preço a ser pago pela Altice sofrerá ajuste de acordo com a posição de caixa da PT Portugal no fechamento da operação. 

O negócio não inclui a participação detida pela PT Portugal em operadoras da África e da Oceania (Africatel e Timor Telecom), nem os investimentos na Rio Forte. Será realizada uma reorganização societária para delimitar estes negócios. O comunicado lembra que os investimentos na Rio Forte devem ser transferidos à PT SGPS, em permuta por ações da Oi, operação que ainda aguarda aprovação da Comissão de Valores Mobiliários, lembra o comunicado.

A venda da PT Portugal à Altice ainda precisará do aval das autoridades regulatórias. A Oi dá a entender que deve aproveitar o movimento para uma eventual fusão ou compra de outra operadora no país. “Com mais esse passo concluído, a Oi segue com o objetivo de reforçar sua capacidade financeira de forma a manter o seu propósito de protagonizar o movimento de consolidação no mercado de telecomunicações no Brasil”.

Anterior GSMA defende consolidação na Europa
Próximos Brasileiro está otimista com a inovação