A Oi vai emitir R$ 4,16 bilhão em debêntures não conversíveis em ações. O conselho de administração da companhia aprovou ontem (12) a operação. O coordenador financeiro sera o Banco ABC Brasil. A data de emissão será 5 de fevereiro deste ano. Cada nota terá valor nominal de R$ 1 mil. Serão vendidas 4.168.602 debêntures ao todo. Os novos títulos serão entregues aos credores, conforme o previsto no plano de recuperação judicial da companhia.

A empresa lembra que as novas debêntures serão simples, não representando fatia do capital social do grupo. Serão de espécie quirografária, sem garantia nem preferência. O vencimento dos títulos será em 25 de fevereiro de 2035. Os credores receberão as debêntures, entregando em troca os bônus de dívida que detêm atualmente. As debêntures novas pagarão em juros 80% das taxas DI diárias ao ano.