Conselheiro nega que servidor tenha favorecido a TIM


O conselheiro da Anatel, Jarbas Valente, negou hoje que o gerente geral de comunicações móveis terrestres da Anatel, Nelson Takayanagi, tenha tomado uma decisão em favorecimento à TIM, operadora onde o filho de Takayanagi é diretor de marketing, conforme foi publicado hoje na revista Veja. Segundo Valente, Nelson participou da comissão de arbitragem com outros …

O conselheiro da Anatel, Jarbas Valente, negou hoje que o gerente geral de comunicações móveis terrestres da Anatel, Nelson Takayanagi, tenha tomado uma decisão em favorecimento à TIM, operadora onde o filho de Takayanagi é diretor de marketing, conforme foi publicado hoje na revista Veja.

Segundo Valente, Nelson participou da comissão de arbitragem com outros dois representantes da agência, cuja decisão foi unânime em prol da definição de uma tarifa média de interconexão, cujo valor teve que ser decidido depois que Anatel mandou unificar os termos de autorização das operadoras móveis. "Nesta decisão, todas as operadoras fixas e móveis ganharam e perderam", afirmou. Valente disse que neste caso o funcionário não precisou se abster de votar uma vez que que não teve uma decião solitária. Disse ainda que o cargo que ocupa na Anatel não é decisório, e por isso, não acha incompatível a sua função com a carreira do filho. (Da Redação).

Anterior Anatel não vai mudar leilão da banda H
Próximos Santanna afirma que a empresa pública vai criar rede neutra