Conselheiro da Telecom Italia renuncia após denúncia de vazamento de informações


O membro do conselho independente da Telecom Itália, Elio Catania, informou nesta sexta-feira (13) sua renúncia ao cargo. O executivo é investigado por vazamento de informações privilegiadas sobre a companhia. Em nota, a operadora italiana informou que Catania disse à companhia que decidiu deixar o cargo para que o trabalho dos investigadores e do conselho possam proceder “de forma ordenada”, mas que sempre agiu corretamente.

Catania, membro do Conselho da Telecom Italia desde 2008 e ex-diretor da Intesa Sanpaolo, teria fornecido informações privilegiadas sobre a Telecom Italia a um jornal, segundo uma fonte da Reuters. A publicação das informações levou a fortes flutuações no preço da ação da companhia. Em julho, a polícia financeira da Itália revistou escritórios e a casa de Catania como parte da investigação.

A Telecom Italia terá uma reunião do Conselho em 19 de setembro no qual deverá discutir questões-chave de estratégia, incluindo uma remodelagem da estrutura de acionistas. (Da redação)

 

Anterior MJ prorroga inscrição de curso de aplicativos
Próximos Justiça do Acre nega Mandado de Segurança contra decisão de suspender Telexfree