Conexões LTE somarão 188 milhões em 2018 na América Latina


Um estudo de mercado que acaba de ser publicado pela Dataxis, empresa de pesquisa e análise com sede na Argentina, prevê que, em 2018, o número de conexões LTE na América Latina chegará a 187,8 milhões. O relatório “LTE outlook: Latin America” computou dos dados do sete maiores mercados da região: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e Venezuela.

Pelas projeções da empresa, o Brasil continuará a liderar o mercado de conexões 4G LTE, mas seu market share regional vá se reduzir de 58%, em 2014, para 32,8%, seguido por México, com 29,1%, e Colômbia, com 24,6%. Embora o crescimento estimado para o LTE seja expressivo nos próximos quatro anos, no curto prazo a expansão será mais lenta, segundo a consultoria. A principal barreira, aponta o relatório, é o fato de a tecnologia LTE ainda não ter uma alternativa eficiente para a oferta de serviços de voz. (Assessoria de Imprensa)

Anterior Telefônica Vivo cria vice-presidência de marketing e vendas
Próximos Internet.org: por falta de consenso, CGI decide não se manifestar.