Concessionárias terão que instalar telefones em áreas rurais


Na revisão dos contratos de concessão, cujos novos condicionates começarão a valer a partir de janeiro de 2011, serão previstas metas para o atendimento às áreas rurais brasileiras, anunciou hoje o superintendente de Serviços Públicos da Anatel, Gilberto Alves, durante o 16º Encontro Tele.Síntese, promovido pela Momento Editorial. Segundo Alves, a proposta da agência é …


Na revisão dos contratos de concessão, cujos novos condicionates começarão a valer a partir de janeiro de 2011, serão previstas metas para o atendimento às áreas rurais brasileiras, anunciou hoje o superintendente de Serviços Públicos da Anatel, Gilberto Alves, durante o 16º Encontro Tele.Síntese, promovido pela Momento Editorial.

Segundo Alves, a proposta da agência é a de estabelecer metas de atendimento para os cinco anos subseqüentes à renovação dos contratos para a instalação de serviços de voz nas áreas que estão a mais de 300 metros das atuais áreas de tarifação básica da telefonia fixa.

Segundo ele, para financiar o custo desta expansão, a agência irá criar uma tarifa diferenciada – mais alta – para o usuário que fizer a ligação para esses telefones, além de permitir o uso das plataformas móveis nesse tipo de telefone, que terá um número próprio.

Ele salientou que os novos contratos irão prever também a modernização do serviço e que as mudanças irão manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos. Além disso, ressaltou, deverão ser criados novos condicionantes para o Plano Geral de Metas de Qualidade (PGMQ).


Anterior BT lança solução com tecnologia Cisco
Próximos Embratel quer mudanças nas metas de qualidade