Comissão Europeia cria fundo de 9,2 bi de euros para banda larga


A Comissão Europeia aprovou hoje um pacote de recursos de mais de 50 bilhões de euros para serem gastos nas infraestruturas de estradas, energia e telecomunicações, para ampliar a interligação dos países europeus. Para as telecomunicações, a CE está criando um fundo com 9,2 bilhões de euros que ficará disponível a partir de 2014 até 2020 cujos recursos deverão ser usados na implantação de redes de altas velocidades e implementação de serviços digitais paneuropeus.

Os projetos poderão ser apresentados por operadoras de telecomunicações e também por novos players, como empresas de água, de eletricidade, cooperativas de investimentos ou de construção civil. A comissão também espera receber projetos públicos, que estimulem a parceria público-privada.

A CE considera que estes recursos irão atrair outros 50 bilhões de euros em investimentos públicos e privados nas redes de banda larga, quantia significativa frente aos 270 bilhões de euros projetados para serem gastos pelos países membros para se cumprir a agenda digital estabelecida. A proposta tem que ser aprovada pelos governos europeus e pelo Parlamento Europeu. ( Da redação).

Anterior Para Ancine, críticas de alguns grupos representam etapas de acomodação à nova lei.
Próximos Ações da Apple caem com resultado abaixo do esperado