Comissão de C&T debaterá TV digital e denúncias contra TV Brasil


A suposta falha na transmissão da TV digital em São Paulo será tema de audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara. O requerimento, do deputado Emanuel Fernandes (PSDB-SP), foi aprovado hoje e prevê a participação do ministro das Comunicações, Hélio Costa, do coordenador do Fórum da TV Digital, Roberto …

A suposta falha na transmissão da TV digital em São Paulo será tema de audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara. O requerimento, do deputado Emanuel Fernandes (PSDB-SP), foi aprovado hoje e prevê a participação do ministro das Comunicações, Hélio Costa, do coordenador do Fórum da TV Digital, Roberto Franco, do representante do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e do diretor de Tecnologia da Philips, Walter Duran.

Um dos pontos a ser debatido é a pesquisa divulgada pela Phlilips, que aponta a falha na transmissão da TV digital em São Paulo. Esse trabalho foi recentemente desqualificado pelo ministro Hélio Costa, por não apresentar requisitos técnicos e estatísticos confiáveis.

A audiência pública, ainda sem data marcada, será realizada conjuntamente com a Comissão de Defesa do Consumidor.

TV Pública

Já o requerimento do deputado Paulo Bornhausen (DEM-SC), que pede a apuração de suposta interferência do Palácio do Planalto nos telejornais da TV Brasil, denunciada pelo jornalista Luiz Lobo, ex-editor-chefe do programa Repórter Brasil da emissora, será apreciado somente na próxima semana.

Bornhausen pede o convite da presidente da Empresa Brasil de Comunicações (EBC), Tereza Cruvunel; das jornalistas Jaqueline Paiva, chefe de Telejornais, e Helena Chagas, diretora de Jornalismo da emissora; do assessor de imprensa da Presidência da República, Nelson Breve e do autor das denúncias, Luiz Lobo.

A deputada Luíza Erundina (PSB-SP) pede que seja convocado o presidente do Conselho Curador da TV Brasil que, no seu entender, é o representante da sociedade na emissora. Ela não concorda que assuntos administrativos internos da EBC sejam debatidas na Comissão. E o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) discorda de que o debate seja feito com todos os convidados previstos de uma só vez. "Neste caso, seria uma acareação, que não faz parte do papel da comissão", defendeu.

Anterior PL 29 será debatido em Comissão Geral na terça
Próximos Tim lança serviço 3G em seis capitais, mas deixa Rio e São Paulo de fora