Comércio eletrônico atinge R$ 170 bilhões no Brasil em 2007


As transações envolvendo comércio eletrônico somaram R$ 170 bilhões no país no ano passado, sendo que, deste total, o segmento de negócio-a-negócio foi responsável por R$ 130 bilhões, e o negócio a consumidor respondeu por R$ 40 bilhões. Os dados são da 10ª edição da Pesquisa de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro, realizada pela FGV …

As transações envolvendo comércio eletrônico somaram R$ 170 bilhões no país no ano passado, sendo que, deste total, o segmento de negócio-a-negócio foi responsável por R$ 130 bilhões, e o negócio a consumidor respondeu por R$ 40 bilhões. Os dados são da 10ª edição da Pesquisa de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro, realizada pela FGV e divulgada hoje, apontando que 55,3% das negociações realizadas diretamente entre empresas envolvem algum tipo de transação eletrônica, enquanto nas negociações realizadas entre empresas e consumidores esse percentual é de 19,18%.
 
Para Alberto Albertin, organizador da pesquisa, esses números “são expressivos e indicam uma maior penetração e aceitação do comércio eletrônico no país”. De acordo com o levantamento as empress gastam em média 1,21% de suas receitas líquidas em comércio eletrônico, sendo que esta média é de 0,37% no setor de Indústria, 1,15% no de Comércio e 1,69% no setor de Serviços. Pela primeira vez desde que foi iniciada a pesquisa, o relacionamento com clientes se tornou a principal preocupação das empresas no comércio eletrônico, superando a privacidade e segurança, categoria até então líder em todos os anos pesquisados.

Anterior Brasil ultrapassa barreira de 50 milhões de micros
Próximos Falco: compra da BrT não tem recursos específicos do BNDES