Comando da Anatel: nada definido.


26/05/2006 – Não havia, até ontem, nenhuma definição em relação a indicação do novo presidente da Anatel – seja ele interino, no caso o vice-presidente recém escolhido José Pereira Leite Filho, ou definitivo — , nem em relação à indicação de um novo conselheiro para a vaga aberta há seis meses, nem aos nomes que …

26/05/2006 – Não havia, até ontem, nenhuma definição em relação a indicação do novo presidente da Anatel – seja ele interino, no caso o vice-presidente recém escolhido José Pereira Leite Filho, ou definitivo — , nem em relação à indicação de um novo conselheiro para a vaga aberta há seis meses, nem aos nomes que compõem a lista para a escolha dos conselheiros substitutos. Apesar de o ministro Hélio Costa ter informado na quarta-feira, 24, que na semana que vem será publicado decreto com o nome do presidente da Anatel, saído dos quadros da agência, e dos conselheiros substitutos, o Minicom ainda não encaminhou nenhuma proposta de decreto à Casa Civil.

Leite conta com a simpatia de Costa e o apoio público, anunciado esta semana, dos deputados petistas Jorge Bittar e Walter Pinheiro. Mas enfrenta forte resistência da corrente sindicalista, que apóia a permanência de Plinio de Aguiar Jr. na presidência. Como Plínio assumiu a presidência interinamente, por ser vice-presidente, só pode permanecer no cargo se for nomeado para a função pelo presidente da República.
Esse movimento enfrenta a oposição do ministro das Comunicações que, se não conseguiu fazer o conselheiro para a vaga em aberto, também não teve de engolir o nome do PMDB com o qual não concordava, Paulo Lustosa. A indicação acabou emparedada na Casa Civil.

Jorge Bittar que, ao lado dos sidicalistas, foi um dos padrinhos da indicação de Plínio, prefere um nome mais experiente na presidência da Anatel. E por isso defende a indicação de Leite, junto com Pinheiro. Diante do impasse, há quem veja a possibilidade de um tercius. Um nome que tem crescido na bolsa de apostas é o de André Barbosa, assessor especial da Casa Civil.

Anterior A maioridade das celulares, só em 2007.
Próximos Arbitragem da VU-M: a Anatel abandona a idéia de consultoria conjunta.