Com bons resultados na AL, Telefónica eleva metas do ano


TeleSintese-Grafico-resultados-analise-positivo-crescendo-apresentacao-mao-pessoa-analise-cotacao-bolsa-acao-acoes-numeros-Fotolia_144496857

O grupo espanhol Telefónica elevou as projeções de receitas e lucros para o ano de 2017, após o bom resultado do primeiro semestre do grupo na América Latina, que compensou o fraco desempenho na Espanha.

As receitas subiram para €12,96 bilhões no trimestre (alta de 1,9% em relação ao 2T16 e de 3,1% em termos orgânicos). O Ebitda somou €4,158 bilhões, aumento de 6,1% em relação ao mesmo período do ano passado, com margem de 32,1%.

O Brasil reportou um lucro líquido 25% mais alto. E o grupo registrou lucro líquido no mesmo período de € 821 milhões, aumento de 18,4% em relação a 2T16.

A dívida líquida totalizou €48,487 bilhões, com redução anual de 3,707 bilhões ou de menos  €4,981 bilhões se for considerada a venda da Telxius.

José María Álvarez-Pallete , presidente da Telefónica, afirmou: “continuamos a fazer progressos na transformação para uma empresa de plataforma, com um investimento focado em redes de ultra banda larga, aumentando a digitalização end-to-end e inteligência cognitiva, uma proposta de valor diferenciado para os clientes.”

Anterior Anatel encontra espectro para SMGS, mas não atende Echostar
Próximos Para a Oi, oferta de banda larga com OTT não reduz interesse pela TV paga