Com ajuda da TIM Brasil, Ebitda da TI é de 8,1 bilhões de euros em 2018


O conselho de Administração da Telecom Italia divulgou hoje, 17, alguns números do resultado operacional e financeiro da empresa do ano passado, um dos pivôs da disputa entre os sócios francês Vivendi e o fundo Elliot.

Segundo a empresa, haverá mesmo um queda no Ebitda (lucros antes dos impostos e amortizações) das operações domésticas, mas o resultado global deverá ser de cerca de € 8,1 bilhões, devido ao “melhor desempenho da Unidade de Negócios do Brasil” informou a companhia em comunicado.

Se esse resultado de confirmar, ele ainda não foi auditado, será um pouco superior ao Ebitda de 2017, que somou € 7,790 bilhões.

A empresa informa ainda que tendência das receitas orgânicas do Grupo é confirmada. E que “a dívida financeira líquida consolidada ajustada deverá ser de aproximadamente  € 25,2 bilhões de euros, após o pagamento de 513 milhões de euros pelas licenças”.

A empresa informa ainda que o plano 2019-2021 será apresentado para aprovação ao Conselho de Administração no dia 21 de fevereiro próximo, juntamente com as demonstrações financeiras finais do exercício de 2018.

Anterior Setor eletroeletrônico deve crescer 8% em 2019, prevê Abinee
Próximos Oi, Telefônica e TIM entre os 50 maiores tomadores de recursos do BNDES