Cobertura 4G já alcança 93% dos brasileiros


iphone-smartphon-pc-computador-mao

A cobertura LTE (4G) acompanhou o ritmo de crescimento de linhas que usam a tecnologia, e deu um salto entre janeiro de 2017 e janeiro de 2018. A Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) diz que há, no país, 3.851 cidades com redes comerciais de quarta geração em funcionamento. Isso equivale a uma expansão de 137% em 12 meses. Com isso, 93% da população já vive sob uma rede móvel 4G.

A cobertura de 3G também evoluiu, alcançando 5.151 municípios em janeiro, onde moram 98,9% da população. Desde janeiro de 2017, 163 novos municípios receberam as redes de 3G. Ao todo, o número de acessos 3G chega a 81 milhões. O Brasil tem 5.570 municípios.

Há no país 234 milhões de acessos à internet. A maioria, via dispositivo móvel: 205 milhões. Outros 29,1 milhões são em banda larga fixa, segmento que cresceu 8,7% em 12 meses, com 2,4 milhão de novos acessos. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Equifax assume custos de US$ 200 milhões com ciberataque do ano passado
Próximos CCS quer propor lei contra fake news que confronta o Marco Civil da Internet

5 Comments

  1. Luiz
    2 de Março de 2018

    A pergunta que não quer calar: 93% da população tem acesso 4g ou 93% das cidades têm 4g, ou melhor, acesso a internet? Porquê, se não estou enganado, mais de 30% da população brasileira não tem internet, por isso do programa internet para todos do governo, e gostaria de me incluir nesta estatística uma vez que onde eu moro, cidade com 400 mil habitantes, não atende o bairro onde eu moro bem com 4g, nem 3g e menos ainda internet fixa. Acho que isto é o que dá quando o site divulgador tem relação direta com operadoras…. INVERDADES.

    • 5 de Março de 2018

      Como está claro no texto, 93% da população estão sob a cobertura. Não significa que assinem, uma vez o que o texto não aborda o poder aquisitivo da população. Caso queira saber mais sobre isso, recomendo dar uma olhada nos últimos dados do Ibge/PNAD, que mostram que a população que não assina serviços de telecom o faz por falta de dinheiro. Qual a sua cidade e seu bairro? Aparentemente você faz parte dos 15 milhões de brasileiros que não estão em áreas cobertas pela 4G.

      • Luiz Alfredo
        5 de Março de 2018

        Eu acredito que sempre é interessante checar a informação, e acima de tudo, interpretar: lendo a fonte dos 93%, no site em que este percentual foi aferido, está claro que o que se têm é a quantidade de cidades atendidas, e não de pessoas. Para desenhar e ficar de fácil digestão: se a operadora implanta uma única antena com a tecnologia 4g, ela já está contemplado como cidade atendida, logo, se fosse expresso que 93% das cidades brasileiras já possuem conectividade em quarta geração, talvez se aproximaria da verdade. Outro ponto a ser considerado, é o desligamento do sinal analógico, que em tese expandirá a cobertura do sinal 4g. Pensando como capitalista: porque eu devo investir em 5 antenas de sinal 4g hoje se daqui um ano posso instalar duas? Mais de 30% das cidades brasileiras não tem se quer 3g. O site da Anatel e da teleco estão disponíveis para consulta….
        “É muita buzina para pouca gasolina”….

  2. Luiz Alfredo
    3 de Março de 2018

    De onde saem tantas inverdades descritas nesta reportagem?

  3. Luiz Antônio
    6 de Março de 2018

    Bom dia.
    Porque este veículo não publica esta informação de forma mais correta?
    Parece matéria comprada, pois é óbvio que esta informação não é correta.
    Se não tem a informação correta, que explique melhor a metodologia.
    Explico: O fato de haver 3.851 municípios com cobertura 4G, não significa que TODOS os moradores desses municípios estão cobertos por essa tecnologia. Em muitos municípios, apenas o centro ou alguns bairros estão cobertos, ou seja, não 100%.
    O que a reportagem não disse é que estes 93% é a soma de toda população do município que tem sinal 4G, mas NÃO NECESSARIAMENTE estão cobertas. E também não cabe aqui dizer que, caso as pessoas que não estão cobertas se desllocarem pra o centro da sede do município, a mesma teria cobertura. Um absurdo, seria dizer algo dessa magnitude.
    Portanto, Srs. repórteres, publiquem corretamente as informações e não iludem a nossa população tão massacrada pela classe política.