CMVM pede explicações à Telefónica sobre OPA à PT


A CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) de Portugal pediu esclarecimentos à Telefónica sobre as declarações de seu diretor financeiro, Santiago Fernandez Valbuena, sobre a  possibilidade de lançar uma OPA à Portugal Telecom para aquisição de sua participação na Vivo. As declarações do diretor financeiro foram feitas ao Financial Times, em entrevista na qual …

A CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) de Portugal pediu esclarecimentos à Telefónica sobre as declarações de seu diretor financeiro, Santiago Fernandez Valbuena, sobre a  possibilidade de lançar uma OPA à Portugal Telecom para aquisição de sua participação na Vivo. As declarações do diretor financeiro foram feitas ao Financial Times, em entrevista na qual Valbuena afirmou que a ideia de "uma OPA hostil pode sempre ser retomada". A CMVM quer que a Telefónica "explique essas declarações e as circunstâncias em que admite lançar essa oferta".

A oferta da Telefónica, de comprar os 50% da PT na Vivo, por € 5,7 milhões, foi rejeitada por unanimidade pelo conselho de administração da Portugal Telecom. Hoje, a Telefónica começa um road show para tentar convencer os acionistas da PT a aceitarem a proposta de compra da Vivo. Valbuena disse ainda que a Telefónica não pretende subir o valor da oferta sobre a Vivo e que seria "louco" avançar com uma oferta de aquisição sobre a Telecom Italia, que no Brasil detem a TIM, devido à elevada dívida da operadora italiana, superior a € 34 bilhões. (Da redação, com agências internacionais)

Anterior Pesquisa do Iost mostra insatisfação dos usuários de internet 3G
Próximos Desenvolvimento sustentável é foco da 4ª Conferência Nacional de Ciência e Tecnologia