Cleartech administrará portabilidade no Brasil


A ClearTech foi escolhida pela ABR Telecom (Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações), como entidade administradora da portabilidade numérica no Brasil, que se inicia em agosto de 2008. O anúncio foi feito hoje, 21 de setembro, pelo Grupo de Implementação da Portabilidade (GIP). Cinco empresas entregaram propostas para a solução técnica de suporte à portabilidade …

A ClearTech foi escolhida pela ABR Telecom (Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações), como entidade administradora da portabilidade numérica no Brasil, que se inicia em agosto de 2008. O anúncio foi feito hoje, 21 de setembro, pelo Grupo de Implementação da Portabilidade (GIP). Cinco empresas entregaram propostas para a solução técnica de suporte à portabilidade no Brasil, que será a segunda maior do mundo, atrás apenas da realizada nos EUA.

A ClearTech utiliza software da NeuStar, e subcontratou a EDS para a parte de infraestrutura, que opera mundialmente como provedora de infraestrutura de tecnologias da informação. A Cleartech atuará como uma clearing house nacional, ou seja, fará a mediação das regras de negócios entre as empresas, operando a base de dados centralizada, gerenciando as várias etapas da portabilidade, desde a solicitação inicial até o completamento do processo de migração do usuário.

Segundo Jorge Pacca, presidente da ClearTech, os diferenciais que levaram a empresa a ser escolhida para gerenciar a portabilidade no país "foram a nossa composição societária (EDS, DBA, empresa brasileira integradora, e o CpqD), que dá bastante tranquilidade para o mercado. E também a nossa parceria com a NeuStar, que foi o componente novo, pois ela é a operadora da portabilidade nos EUA." Pacca espera "dobrar ou triplicar o faturamento nos próximos 18 meses", devido aos desdobramentos que a portabilidade trará para a empresa. (Da Redação) @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } –>

 

 

Anterior Nos EUA, Vodafone e Verizon Wireless em parceria para 4G
Próximos Minicom promete para fevereiro 800 pontos terrestres do Gesac