Claro tem melhor download, e TIM, a latência mais baixa no celular, avalia consultoria


A consultoria Tutela Technologies divulgou nesta semana resultados de medições de velocidades da banda larga móvel no Brasil. A coleta dos dados de desempenho foi realizada entre 1º de novembro de 2019 e 30 de abril de 2020.

A metodologia da consultoria leva em conta medições feitas por aplicativos nos smartphones dos usuários. Para estes resultados, foram analisados dados de 21 bilhões de registros em Áreas de Cobertura Comum em todo o Brasil, incluindo mais de 220 milhões de testes de velocidade e 2,8 bilhões de testes de latência.

O método ainda estabelece dois referenciais para as medições. O critério Excelente é usado para conexões capazes de reproduzir sem problemas vídeos por streaming em resolução 1080p e permitem também jogos multiplayer, com mais de 5 Mbps. O critério Core diz respeito a conexões em que os vídeos rodam bem em resolução SD e é suficientemente boa para navegação por páginas comuns na internet ou uso de redes sociais, ou seja, de no mínimo 1,5 Mbps.

PUBLICIDADE

Resultados

A Claro dominou em quatro das cinco métricas nas Áreas de Cobertura Comum do Brasil, incluindo o maior percentual de “Qualidade Excelente e Consistente” em 72,2%.

Significa que 72,2% do tempo que o usuário passou conectado à rede mais rápida da operadora, o desempenho registrou velocidade acima de 5 Mbps. Quando usando uma rede de menor velocidade, em 93% se teve velocidade acima de 1,5 Mbps.

“Embora a Claro tenha dominado em quatro das cinco métricas testadas, a concorrência acirrada de empresas como TIM e Vivo mostra as ofertas competitivas disponíveis no país”, diz Leandro Demarchi, diretor de vendas da Tutela na América Latina e no Sul da Europa.

Em termos de velocidade média de download, a Claro registrou desempenho quase 50% superior a Vivo e TIM, como se vê no gráfico abaixo.

No upload, a Claro também se destacou. Mas TIM apresentou desempenho médio acima da Vivo.

A TIM teve a melhor latência no Brasil, com um resultado unidirecional de 19,2 ms, e a segunda melhor velocidade de upload, com apenas 1,1 Mbps separando a operadora do primeiro lugar, alcançado pela Claro. Quanto menor a latência, também chamado tempo de resposta, melhor.

Frequências

A consultoria ressalta que todas as operadoras têm ampla penetração de 4G. As bandas de 1800 Mhz e 2600 MHz LTE são utilizadas pelas quatro operadoras. O Oi é a única operadora com uma divisão de quase 50/50 do espectro, uma vez que não tem os 700 MHz.

Os dados da consultoria indicaram ainda que a TIM foi a empresa que conseguiu manter seus clientes mais tempo conectados a redes LTE. Eles passavam 76,4% do tempo conectado ligado a uma ERB 4G. Claro, Vivo e Oi vêm em seguida. O relatório completo está aqui.

Anterior Radioamador pode obter certificado via internet
Próximos WiFi6 da Huawei chega ao Brasil em setembro