Claro tem a rede móvel mais veloz e TIM, o 4G mais disponível, aponta consultoria


A consultoria Opensignal divulgou hoje, 16, nova edição de seu relatório sobre a situação das redes móveis brasileiras. O material indica a Claro como operadora onde é possível realizar os downloads e uploads mais rápidos, falar melhor usando VoIP e assistir a vídeos. Enquanto a TIM tem a rede 4G mais disponível, a melhor experiência de cobertura 4G e o tempo de resposta da rede mais baixo.

PUBLICIDADE

Os resultados foram estimados a partir de 5 bilhões de medições feitas por 4 milhões de dispositivos, entre os meses de setembro e novembro de 2019. A metodologia consiste na coleta de dados de acesso a partir de aplicativos da OpenSignal ou parceiros instalados nos celulares das pessoas. Dessa forma, a empresa afirma que os resultados se aproximam do uso cotidiano.

Nesta edição, a OpenSignal avaliou pela primeira vez a experiência de uso de aplicativos de voz. A Claro se saiu melhor, tanto em acessos 4G, como 3G. Mas, pela nota média, todas as operadoras foram classificadas como “aceitáveis” nesta categoria.

O relatório avaliou também a experiência de consumo de vídeo, e descobriu que a diferença entre as teles aqui é pequena. Nota ainda que houve grande evolução em relação a 2018. Claro, TIM e Vivo apresentam experiência em vídeo considerada “boa”, registrada quando a pontuação calculada fica entre 55 e 65, de um índice que chega a 100. A Oi tem classificação “justa”, em 50 pontos. Todas as empresas melhoram nos últimos seis meses, sendo a TIM a companhia que apresentou a maior evolução neste quesito, embora a Claro tenha registrado a maior nota.

Na velocidade dos acessos houve uma variação maior. Enquanto no 4G a Oi registrou média mínima de 12,7 Mbps, a Claro atingiu 27,7 Mbps. No 3G, a Oi teve 2,8 Mbps, enquanto a Claro, 5,4 Mbps. No gráfico abaixo, a média de velocidade de cada operadora, considerando as velocidades de ambos os tipos de acesso.

No upload, a Claro também apresenta resultado mais elevado (7,6 Mbps), duas vezes maior que a Oi (3,3 Mbps), por exemplo. Vivo teve 5,4 Mbps, enquanto a TIM, 5,1 Mbps.

No quesito Latência, a TIM apresentou tempo de resposta de 57,4 ms, em média, no período. A Claro, de 58,4 ms; a Vivo de 61,4 ms; e a Oi de 68,4 ms. Quanto menor o número, melhor neste caso.

Quanto à disponibilidade da rede 4G, como se vê no gráfico abaixo, a TIM registrou uma vantagem significativa, acima de 85%. A Oi, que está realizando o refarming de frequências 2G e 3G Brasil afora, teve a menor nota. Claro e Vivo ficam quase empatadas.

Já na experiência de uso de rede 4G, a TIM ficou com nota 6,2, em uma escala que vai de 0 a 10. Seguida pela Vivo, com 6,1, Claro, com 5,7, e Oi, com 4,3. Essa métrica busca aferir a qualidade da conexão nos lugares onde os usuários passam mais tempo: em casa, no trabalho, em algum local que visitam sempre, por exemplo.

Anterior Número de acessos a apps financeiros cresceu 100% de 2017 a 2019
Próximos Rede IoT da American Tower registra 1,7 bilhão de mensagens trocadas em 2019