Claro Participações pede à CVM registro inicial de companhia aberta


A Claro Telecom Participações entrou nesta quinta-feira, 7, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) com pedido de registro inicial de companhia aberta. O pedido é decorrente da exigência da Anatel, que autorizou a unificação da operação das empresas do grupo Claro, mas exigiu a abertura de capital da Claro S/A ou da Claro Participações S/A como condicionante para a incorporação da Embratel. O registro será na categoria A, sem pedido de oferta pública de distribuição de valores mobiliários concomitante.

Anterior Granadeiro sai da Portugal Telecom
Próximos TCU emite cautelar depois de resposta da Anatel. Entidade privada e preço da faixa não convencem tribunal