Foto de veeterzy, via Pexels https://www.pexels.com/photo/lights-festival-photographer-photography-106400/

Foto de veeterzy, via Pexels

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou hoje, 6, o balanço de assinantes de telefonia móvel no país durante o mês de outubro. Os dados mostram o desligamento de 212,2 mil chips em relação a setembro, uma retração de 0,09%. Ao todo, o país tinha 240,85 milhões de acessos móveis no final de outubro.

Os dados indicam também quais operadoras avançaram no mês. Claro, Oi e Vivo ganharam participação do mercado em relação a setembro, enquanto a TIM foi a única a perder. A TIM manteve sua política de desligamento de chips pré-pagos, e registrou queda total de 417,2 mil acessos. Terminou outubro com 58,9 milhões de clientes.

A Claro encerrou outubro com 60,5 milhões de clientes, após somar 103,7 mil novos usuários. A Oi registrou 31,66 mil novos usuários, passando a ter 41,9 milhões de chips ativos. Já a Vivo fechou o mês com base de 74,6 milhões, após acrescentar 86,7 mil assinantes.

Ao final de outubro, a distribuição do mercado era a seguinte:

Operadora Share (%)
ALGAR (CTBC TELECOM) 0,55%
DATORA 0,08%
NEXTEL 1,09%
OI 17,41%
Outras 0,01%
PORTO SEGURO 0,24%
PREFEITURA DE LONDRINA/COPEL 0,03%
TELECOM AMERICAS 25,12%
TELECOM ITALIA 24,49%
TELEFÔNICA 30,99%
Total Geral 100,00%

Pré x Pós

Dos 240 milhões de celulares em uso, 155 milhões eram pré-pagos (64,4% do mercado) e 85,8 milhões (35,6%), pós-pagos. A base pré-paga encolheu em 1,2 milhão de acessos no mês, enquanto a pós-paga aumentou 1,07 milhão.

De todas as operadoras, a Telefônica Vivo foi a que mais atraiu clientes pós-pagos: adicionou 441 mil deles. Seguida da Claro, que obteve 347,4 mil, e da TIM, que atraiu 319,5 mil. A Oi perdeu 18 mil assinantes no pós.

No pré, quase todas desligaram acessos. A TIM retirou 736 mil chips pré-pagos da base, enquanto a Vivo fez o mesmo com 354 mil, e a Claro, com 243 mil. A Oi foi exceção, e aumentou o número de clientes pré-pagos em 50 mil.

Em termos de participação de mercado no mercado mais desejado por todas as operadoras, o pós-pago, a Vivo segue isolada como líder. Tem 42% de fatia, contra 22,95% da Claro, 19,92% da TIM e 10,7% da Oi.

No pré-pago, a TIM continua a líder, com 27% do mercado, apesar da forte taxa de desligamento de chips inativos (cancelou 2 milhões de chips nos últimos 12 meses). Em seguida vem a Claro com 26%, a Vivo, com 24,8%, e a Oi, com 21%.