Claro nega querer se desfazer da freqüência de 850 MHz


A Claro divulgou hoje, 22 de fevereiro, uma nota negando as informações prestadas  pelo diretor da Unicel, José Roberto de Melo e Silva, que disse estar negociando com a operadora a troca da freqüência de 850 MHz pela de 1.8 GHz, para a qual apresentou proposta de compra. Segundo a assessoria, a Claro, ao contrário …

A Claro divulgou hoje, 22 de fevereiro, uma nota negando as informações prestadas  pelo diretor da Unicel, José Roberto de Melo e Silva, que disse estar negociando com a operadora a troca da freqüência de 850 MHz pela de 1.8 GHz, para a qual apresentou proposta de compra. Segundo a assessoria, a Claro, ao contrário do que tem sido divulgado, não tem interesse em se desfazer das faixas de freqüências de 850MHz adquiridas durante as licitações da Banda B.
 
A operadora atende milhões de clientes nestas faixas, que são usuários da rede TDMA, e não tem planos, neste momento, para desativar esta rede.
 
A empresa esclarece ainda que não manteve negociações para esta finalidade com nenhuma proponente da terceira tentativa de licitação das licenças remanescentes do Serviço Móvel Pessoal (SMP), realizada nesta terça-feira, 21  de fevereiro, pela Anatel.
(fonte: assessoria de imprensa)

Anterior Novo amplificador compacto Andrew
Próximos Para ministro, conta detalhada é motivo de preocupação