Claro não poderá mais bloquear celulares com tecnologia TDMA


A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que a Claro não poderá mais bloquear os aparelhos celulares que utilizam a tecnologia TDMA no Estado. Para efetuar o bloqueio, a operadora alegava que o procedimento evitaria as fraudes a que esse tipo de prestação de serviço móvel está sujeito. A multa diária por descumprimento será de …

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que a Claro não poderá mais bloquear os aparelhos celulares que utilizam a tecnologia TDMA no Estado. Para efetuar o bloqueio, a operadora alegava que o procedimento evitaria as fraudes a que esse tipo de prestação de serviço móvel está sujeito. A multa diária por descumprimento será de R$ 50 mil. A empresa pode recorrer.

De acordo com informações do Judiciário fluminense, os clientes da Claro estão tendo seu celular bloqueado de oito em oito horas e, para desbloquear, devem digitar uma senha fornecida pela companhia, cadastrá-la através de um ramal, lançar um código e esperar uma hora para que o aparelho volte a funcionar. Quando o celular é finalmente desbloqueado, o usuário recebe uma mensagem sugerindo a troca por um aparelho com a tecnologia GSM, que dispensaria todo esse trabalho.

(Fonte, Portal Última Instância)

 

Anterior Alcatel-Lucent de olho na unidade GSM da Nortel
Próximos Governo analisa fazer da Eletronet uma operadora estatal