Claro Brasil tem aumento de 16,2% no EBITDA


A Claro Brasil anunciou nesta noite, 16, os resultados do segundo trimestre de 2019. A companhia apresentou crescimento de 1,2% nas receitas, na comparação com um ano antes. As vendas líquidas totais somaram R$ 9,04 bilhões.

A receita te serviços cresceu um pouco mais. Evoluiu 1,9%, atingindo R$ 8,67 bilhões. O destaque ficou por conta dos ganhos no móvel. A receita do segmento aumentou 10,6%, chegando a R$ 3 bilhões. Tais vendas foram puxadas pela expansão no pós-pago, segmento em que adicionou 3,5 milhões de usuários na comparação ano a ano. A companhia tem 31,1 milhões de clientes no pré-pago e um total de 56,4 milhões de assinantes móveis.

A receita fixa e outros segue como principal segmento para a companhia, que integrou definitivamente a NET ao portfólio Claro. No fixo, registrou receita de R$ 5,6 bilhões, após retração de 2,2% ano a ano. Longa distância, telefonia fixa e local e a TV paga, que no segundo trimestre de 2019 reduziram respetivamente 17,3%, 19,3% e 8,4% em relação ao mesmo período de 2018, foram os principais impactos negativos na receita.

A companhia registrou ainda crescimento na rentabilidade, com expansão do EBITDA (lucro antes de impostos, depreciações e amortizações) da ordem de 16,2%. Assim, fechou o trimestre com EBITDA de R$ 3,45 bilhões. O crescimento desta cifra tem relação também com mudanças no padrão contábil. Sem a atualização para o novo IFRS16, o EBITDA teria expandido 4,2%.

Resultado da América Móvil

A dona da Claro Brasil, a mexicana América Móvil, também divulgou seus resultados. A companhia apresentou queda nas receitas mundiais de 2,7% na comparação com o segundo trimestre de 2018. O EBITDA, no entanto, cresceu 6,3%.

Assim, a companhia terminou o trimestre com receita total de 250 bilhões de pesos mexicanos (cerca de US$ 13,09 bilhões). O EBITDA foi de 78,15 bilhões de pesos mexicanos (US$ 4,09 bilhões). O lucro líquido foi de 14 bilhões de pesos mexicanos (US$ 736 milhões).

A companhia enfrentou, no mundo, mesmo fenômeno que no Brasil: crescimento da banda larga fixa, do corporativo, da telefonia móvel. Mas retração no segmento de TV paga e de telefonia fixa. Também houve impacto negativo do câmbio no resultado final do grupo, que tem operações na América Latina e na Europa.

Anterior Algar Telecom tem novo diretor financeiro
Próximos Incentivos fiscais devem ir para o software, defende Ricotta, CEO da Ericsson do Brasil

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *