Claro atinge meta de dados nas redes 2G e 3G . Vivo e TIM cumprem meta da Anatel na 3G


Entre fevereiro e abril deste ano, somente a Claro cumpriu a meta de 98% de acesso à rede de dados, com a complementação de mais de 98,7% dos casos. A informação faz parte do 7º ciclo de avaliação feita pela Anatel, após a proibição de vendas de chips por 11 dias impostas às operadoras em 2012, em função da baixa de qualidade do serviço móvel.

No acompanhamento dos planos de melhorias das operadoras nos meses de fevereiro e abril, divulgado nesta quinta-feira (23), a Vivo e a TIM atingiram a meta na rede dados apenas na rede 3G. Enquanto a Oi ficou abaixo do índice estipulado pela agência nas duas redes. Com relação à queda da rede de dados, as quatro operadoras atenderam a meta de 5% estabelecida pela Anatel, com melhor desempenho da Oi, que teve índice de 1%.

Já no acesso a rede de voz, todas as quatro operadoras superaram a meta definida pela Anatel, de 95% das tentativas. Nesse indicador, o melhor desempenho é da Vivo, que obteve o índice de 97,8%. Na queda do acesso de voz também não houve descumprimento da meta de 2%, com destaque para a Claro, que ficou com o índice de 0,8%.

No quesito de reclamações de clientes nas operadoras, as quatro analisadas ficaram abaixo do limite estabelecido de 10 queixas por 1 mil usuários, ou seja, tem desempenho melhor do que o acordado. A Claro, que no ciclo anterior somava até 38 registros, caiu para 8,8 no atual, mas ainda é a líder de reclamações entre as quatro.

Investimentos

Ainda de acordo com a avaliação da Anatel, em abril deste ano a TIM havia aplicado 120% do total de investimentos previstos para 2014, de R$ 3,8 bilhões. A Vivo aplicou 108% dos R$ 2,7 bilhões. A Claro investiu 95% dos R$ 2,2 bilhões e a Oi, 85% dos R$ 1,4 bilhão previstos.

Anterior Chinês vai presidir a UIT a partir do próximo ano
Próximos Aumentam as tentativas de fraudes no setor de telefonia em setembro